A História de Claudia Brandão Braz

Ver esta matéria em English, Español

American Dream Series

A História de Claudia Brandão Braz

By Mariana Silva

Nesta edição, nossa convidada do Perfil “American Dream” é a psicóloga, Claudia Brandão Braz, especialista em terapia familiar e de casal . Ela conta um pouco da sua trajetória nos Estados Unidos, desafios e mostra que entre as muitas lições de vida que carrega consigo, está a de que, mesmo diante das maiores tormentas, sempre há um novo amanhã, basta acreditar em si mesmo e ir à luta.

A história de Claudia Brandão, como ela costuma dizer, é um tanto atípica e diferente das tantas que ela está acostumada a escutar. Ela é da Bahia e conheceu seu ex-marido que é americano, no Brasil. Eles namoraram por dois anos e se casaram, porém, logo surgiu o questionamento que é recorrente na vida de casais de países diferentes: onde iremos construir as nossas vidas? E eles optaram em viver nos Estados Unidos.

Claudia chegou no país no ano de 1999 e relembra que a adaptação não foi nada fácil. “Eu sou muito ligada a família e a saudade dos meus pais era algo muito difícil e doloroso”.  No entanto, diferente de muitos imigrantes, tinha o privilégio de viajar constantemente para o seu país de origem, momento esse, que ela aproveitava o máximo ao lado da família.

Após alguns anos, nasceu o seu único filho Marcelo, que hoje aos 12 anos é o orgulho da mãe. E a caminhada não foi fácil. Ela estudava psicologia, mas precisava lidar com os afazeres domésticos, cuidar do filho e trabalhar. “Eu não tenho nenhum familiar aqui, então, eu tinha que me virar sozinha. Eu passava noites em claro estudando e correndo de um lado para o outro com o meu filho. Não foi fácil, por muitas vezes meus pais, mesmo no Brasil, me ajudavam, mas eu sempre segui confiante que as coisas dariam certo na minha vida”, relata Claudia.

Através de muita garra e esforço se formou em Bacharel de Ciências da Psicologia pela Universdade de Maryland e não parou de se atualizar. Fez mestrado em Terapia de Família e Casal pela Universidade de Fairfield e está sempre participando de seminários e treinamentos, inclusive, já participou de cursos na Universidade de Harvard.

“Eu tenho especialização com casais, indivíduos e família. Eu também tenho experiência em trabalhar com todos os tipos de tratamentos de trauma e história de violência doméstica, e também faço trabalhos com crianças com necessidades especiais, tais como síndrome de down e autismo”.

É possível perceber a paixão pelo seu trabalho e a preocupação com o bem-estar das pessoas. “Eu sempre me posicionei para proteger as pessoas que precisam, dar amparo aos mais necessitados. Eu tenho isso em mim de ajudar o outro, tenho o meu pai como espelho, pois ele foi muito pobre e já chegou a passar necessidade e isso tem um grande impacto na minha vida. Me proponho a ajudar as pessoas que necessitam de amparo e de informação sobre seus direitos e deveres”, explica.

Novos voos

Ela é bastante conhecida na comunidade imigrante pelo trabalho que desenvolveu ao longo de 7 anos na Family & Children’s Aid em Danbury e que chegou ao fim no mês de maio. E agora inicia um novo desafio em sua trajetória profissional, pois ela está se dedicando de forma integral ao seu consultório particular.

“Eu sei que a paixão que eu tenho pelo meu trabalho faz com que a minha prática seja realmente única e especial. Eu sempre sonhei em ter o meu próprio consultório e pretendo alcançar voos muito maiores. Nunca foi fácil, mas posso dizer que graças a Deus eu sempre obtive êxito nos meus trabalhos. Estou iniciando uma nova trajetória e acredito que os meus sonhos se realizarão, tal como abrir uma clínica, criar uma sala sensorial para crianças com necessidades especiais, enfim, tenho muitos planos pela frente”.

Em sua mensagem final, Claudia, pede para todos os imigrantes não desistirem de seus sonhos. “Se você está passando por algum momento difícil não se prenda nele. Lembre-se que isso é passageiro. Os momentos difíceis vão passar e você vai alcançar o que deseja. E siga em frente sempre atento para não perder as oportunidades que surgirem. Foque nas suas metas e não desista dos seus sonhos. Não desista, haverá sempre um empecilho, mas pensa assim “é só agora”, amanhã é um novo dia. E temos uma segunda chance todos os dias.

 

Claudia Brandão é psicóloga, especializada em família, casamento e traumas de violência doméstica. Seu consultório fica localizado na 57 North St., sala 223, em Danbury. Para contato ligue (203) 395-9972 ou através do e-mail: claudia_braz@comcast.net.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
June 9, 2017

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *