Cirurgiões de CT dão aos pacientes alívio a dor com um procedimento inovador para tratar fraturas causadas por estresse

View This Post In: English, Spanish

Bem-estar, Colunas, Noticia

Cirurgiões de CT dão aos pacientes alívio a dor com um procedimento inovador para tratar fraturas causadas por estresse

By Danbury Hospital / WCHN

– WCHN diminui a necessidade de substituir o joelho com novo preenchedor injetável de osso

Quando seu joelho rapidamente inchou três vezes o tamanho normal depois de cair nas escadas, Nicholas Saccone de Carmel, NY, sabia que algo estava errado. Saccone, 69, não conseguia andar ou dobrar o joelho e a dor irradiava-se por toda sua perna. Ele imediatamente contatou o Dr. Daniel Fish, um cirurgião junto ao Orthopaedic Specialists of Connecticut que tinha, anteriormente, realizado a cirurgia de menisco dele.

Uma ressonância magnética e o raio-x revelou que Saccone tinha artrite e também tinha desenvolvido uma fratura no joelho causada por estresse, mas em vez de uma substituição completa do joelho, Dr. Fish sugeriu um procedimento relativamente novo chamado subcondroplastia. Dr. Fish e outros dois médicos da Western Connecticut Health Network (WCHN) estão entre os poucos cirurgiões de Connecticut treinados para usar esta técnica revolucionária.

“Este procedimento é ideal para pacientes com dor no joelho e diminuição da função articular causada por rachaduras ou fraturas causadas por estresse pequeno”, explicou o Dr. Fish. “Nós injetamos um composto de fosfato de cálcio que sela a rachadura, semelhante à calafetagem”.
Especificamente, os cirurgiões utilizam um material injetável que substitui o enxerto de osso, chamado AccuFill® que destina-se a preencher os espaços ou lacunas no sistema esquelético. Ele flui facilmente para preencher os defeitos do osso, cristaliza e fixa-se formando uma estrutura de suporte no osso. O composto promove novo crescimento ósseo e é naturalmente substituído pelo novo osso durante o processo de cicatrização. A FDA aprovou o material em 2010.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), 719.000 americanos substituíram completamente o joelho em 2010. Nesse mesmo ano, o Centro Nacional de Estatísticas da Saúde divulgou um relatório que mostra que as taxas de hospitalização para substituições do joelho mais do que duplicaram no período de 10 anos em adultos com idades entre 55-64.

Dr. Fish, seu parceiro Dr. Robert Daher e seu colega Dr. Matthew Rogell oferecem o procedimento há dois anos.

“Antes da subcondroplastia havia limitadas opções de tratamento para este tipo de lesão”, disse o Dr. Rogell. “Muitas vezes, a única opção de tratamento para pacientes com significativa dor era uma substituição mais invasiva do joelho”.

A operação de Saccone foi realizada às 7h00 e ao meio-dia ele estava de volta em sua casa e conseguia mover-se.

“No quarto dia após a minha cirurgia, eu estava andando sem bengala. Eu não conseguia acreditar”, disse Saccone. Oito meses depois, Saccone estava muito ativo, andando 2 km por dia. Ele acabou de voltar de uma viagem para Atlantic City em que facilmente andava para cima e para baixo no calçadão.

A cirurgia minimamente invasiva é um procedimento ambulatorial de 30 minutos realizado com anestesia local, portanto, o paciente permanece acordado. O joelho pode ficar bastante desconfortável por 24-48 horas após o procedimento, mas, a dor acaba rapidamente. Os pacientes usam muletas por três a cinco dias depois da operação. A maioria tem uma recuperação completa em quatro ou seis semanas.

“Os estudos indicam que os benefícios podem durar mais de cinco anos”, disse Dr. Fish. “Além disso, este procedimento não limitará as opções de tratamento futuro de substituição parcial ou total da articulação, se necessário”.

Dr. Fish é examinador do Conselho Americano de Cirurgia Ortopédica, e revisor editorial do The Journal of Bone & Joint Surgery e do American Journal of Sports Medicine. “Rever as últimas pesquisas para publicação em revistas ortopédicas nacionais”, disse ele, “permite manter-me atualizado ao avaliar os riscos e benefícios das novas tecnologias”. Dr. Fish ainda não realizou o procedimento de subcondroplastia em outras articulações que suportam peso tais como o quadril ou tornozelo, mas ele disse que o potencial existe.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
August 2, 2016

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *