Não Existe Comunicação se Ambas as Partes Não Estiverem Dispostas

View this post in other languages: English, Español

Bem-estar

Não Existe Comunicação se Ambas as Partes Não Estiverem Dispostas

By Eric Faria

Pense em um momento da sua vida em que você realmente queria que alguém ouvisse o que você tinha a dizer. Agora, lembre-se se essa pessoa estava totalmente disponível para você. Ela parou e prestou atenção em você ou estava fazendo outra coisa ao mesmo tempo, como olhando para o celular? Pergunto isso por que já ouvi de clientes, amigos e familiares de vez em quando: “Fulano não me escuta. Parece que estou falando com uma parede”.

Vamos voltar um pouco e entender de onde essa reclamação vem. Primeiro, todos nós fomos crianças e, quando criança, cada um encontrava uma maneira de fazer com que nossos pais ou adultos prestassem atenção em nós. Tenho certeza de que você ouviu uma versão de “Ele está fazendo isso só para chamar a atenção. Não preste atenção”. Se isso foi verbalizado para você, a sensação de ser ignorado pode ter deixado cicatrizes emocionais ou, em alguns casos, traumas profundos. Pode desencadear, até hoje, sentimentos de negligência, abandono e de não ser suficiente. Por enquanto, só quero que você se torne consciente se tais emoções surgirem quando pensar no passado.

Agora, avancemos para o dia de hoje: você tem dificuldade em conseguir com que os outros te escutem? É difícil conseguir que alguém preste atenção ao que você tem a dizer?

Há excelentes oradores que parecem ter o comando de uma sala antes mesmo de abrirem a boca. Esses indivíduos apresentam uma semelhança entre eles: conhecem seu público muito bem. Eles também são cientes de que a precisão fará as pessoas pararem e ouvirem.

Eles possuem um superpoder? Por que às vezes parece tão difícil passar nossa mensagem para outra pessoa? A resposta para a primeira pergunta é que eles praticam – muito. A segunda pode ser respondida com simplesmente conheça seu público e sua forma de pensar.

Eles estão dispostos a dialogar? Essa deve ser a primeira pergunta a ser feita. Há muitas pessoas cuja única motivação na vida parece ser contestar, ser tóxica para todos ao seu redor e espalhar negatividade e conflito onde quer que vão. Deixe-me dizer o que você provavelmente já sabe: fique longe desses seres humanos.

Quando alguém não está disposto a dialogar, não está preparado para ver um problema de uma perspectiva diferente, ou não está aberto para aprender algo sobre si mesmo em uma situação, é melhor deixá-lo de lado. Será um desperdício de seu tempo e esforço. Essas pessoas não estão dispostas a ouvir. Você não ganha por enfrentar qualquer tipo de negatividade. Isso só vai levar a brigas, discussões e sentimentos de estar fazendo algo em vão.

Sua energia é melhor canalizada quando voltada para aqueles que estão dispostos e que sejam capazes de raciocinar. Você não precisa da validação de vozes negativas para torná-lo completo. De fato, esteja disposto a deixar essas pessoas de lado. Amar a si mesmo é o maior poder. Uma pessoa pode mudar sua comunicação simplesmente mudando a atitude em relação a si mesma – e fazer com que os outros parem e a ouça no processo.

 

Eric Faria é especialista em comunicação e sinergia, podcaster, palestrante e colunista. Ele produz e apresenta o programa I AM with Eric Faria, disponível no YouTube. O show também é um podcast no Apple Podcasts e no SoundCloud. Para contatá-lo, envie um e-mail para eric@ericfaria.com.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
August 1, 2018

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *