O Melhor Projeto em que Você Trabalhará É Você Mesmo

View this post in other languages: English, Español

Bem-estar

O Melhor Projeto em que Você Trabalhará É Você Mesmo

By Eric Faria

Você já jogou videogame? Se sua resposta foi sim ou não, continue comigo por um momento. Quando você joga videogame, não há como avançar para o próximo nível, a menos que complete aquele em que você esteja. Mesmo que o jogo ocorra em um mundo aberto, ainda é preciso coletar itens, ganhar habilidades suficientes ou completar tarefas para conseguir passar para outra fase dessa jornada. Nos termos mais simples, o jogador está se nivelando e sendo preparado para o que está por vir no jogo.

Agora vamos voltar ao mundo real. Quantas vezes você tentou iniciar um novo capítulo apenas para perceber que tudo estava acontecendo como antes? Salvo para indivíduos diferentes envolvidos ou uma nova circunstância, era como se você andasse em círculos, revivendo situações e tendo a sensação de déjà vu. Você quer saber por que isso aconteceu? É simples, você pulou um nível, talvez até alguns. Você se sentiu pronto, quando na realidade não estava. Era a vida lhe dizendo: “Esta parte aqui não está completa. Volte e termine o que precisa ser terminado”.

Como a única espécie animal que pisa em uma pedra 99 vezes e a culpa por estar em nosso caminho, os seres humanos tendem a repetir os mesmos padrões – várias vezes. Em vez de aprender, no primeiro passo, a contornar essa pequena rocha, como se não machucasse nosso pé na próxima vez; alguns de nós acostumamos tanto ao comportamento irracional que repetimos os mesmos erros por hábito.

Considere alguém que seja extremamente negativo e que arrasta a energia de uma sala apenas entrando nela – essa pessoa não é apenas um prenúncio de más notícias, ela também é viciada em sofrer. Ela quer que todos ao seu redor também se tornem viciados. Vício emocional é uma das formas mais insidiosas de padecimento que permeia a nossa sociedade e muitas vezes não é diagnosticada. Só porque não é álcool, tabaco ou alguma droga ilícita, não significa que não seja uma doença.

Então, como deixar de ser do seu jeito e criar uma presença que reflita a mudança que você deseja ver na vida? Comece com você mesmo. Você é a única pessoa que está no comando da sua vida. Tome as medidas necessárias para entender sua patologia. Quais são seus valores? Você conhece suas crenças sobre si mesmo? Sobre dinheiro? Trabalhos? Relacionamentos? Faça uma autoavaliação e deixe claro o que fez de você o ser humano que você é hoje. Dê o primeiro passo. Depois de se conhecer, continue o processo com pessoas que pensam como você. Acredito que indivíduos despertos sejam minoria e, ao mesmo tempo, causam um impacto insondável.

Como diz o provérbio: “Se quiser ir rápido, vá sozinho. Se quiser ir longe, vá com alguém”. Estou aqui para orientá-lo e ensiná-lo a alcançar uma mudança real. A vida nem sempre é fácil. Ter alguém que possa ajudá-lo a mudar a maneira de se comunicar consigo mesmo e com o mundo é uma bênção. Lembre-se: nada muda até você mudar.

 

Eric Faria é especialista em comunicação e sinergia, podcaster, palestrante e colunista. Ele produz e apresenta o programa de I AM with Eric Faria, disponível no YouTube. O show também é um podcast no Apple Podcasts e no SoundCloud. Para agendar sua sessão gratuita de orientação com ele, envie um e-mail para eric@ericfaria.com.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
September 5, 2018

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *