Voluntários Acolhedores e Atenciosos São o Símbolo da Ann’s Place

View this story: English, Español

Colunas, Saúde

Voluntários Acolhedores e Atenciosos São o Símbolo da Ann’s Place

By Candy Dayana Dube

Lembro-me da primeira vez em que entrei na Ann’s Place e senti o carinho e o cuidado da equipe e dos voluntários. O que me surpreendeu foi o grande número de pessoas necessárias e dispostas a ajudar a tornar possível a oferta de serviços gratuitos de apoio ao câncer às famílias de nossa comunidade. Realmente é preciso toda uma vila e, no Ann’s Place, você pode ver o poder de  uma comunidade quando se reúne para apoiar-se mutuamente.

Nos próximos meses, aprenderemos um pouco sobre as pessoas que fazem parte desta vila.

Este mês, estamos nos concentrando em Nancy, uma de nossos mais de 900 voluntários que abrilhantam ainda mais a Ann’s Place.

Como você se envolveu inicialmente com a Ann’s Place?

Depois de me aposentar, eu estava procurando oportunidades de voluntariado. Eu sabia sobre a Ann’s Place e entrei em contato para uma entrevista, me encontrei com Lynne e o resto é história.

O que te atraiu para este lugar?

Minha mãe morreu de câncer de cólon há mais de 20 anos. Nada como a Ann’s Place estava disponível para ela. Eu queria fazer parte de um lugar que está fazendo a diferença para aqueles que lidam com câncer.

Quais são algumas de suas funções e responsabilidades aqui?

Eu trabalho como recepcionista toda quarta-feira à noite, atendendo o telefone, recepciono e encaminho os participantes para seus grupos e me reúno com o grupo de tricô às quintas-feiras. Eu também sou voluntária em vários eventos de captação de recursos, incluindo o Festival of Trees e o Torneio de Golfe. Eu sou voluntária na Ann’s Place há cerca de três anos.

O que você acha mais gratificante; o que a faz você voltar?

Eu adoro conversar com as pessoas à medida em que elas chegam aos grupos. A atmosfera na Ann’s Place é tão acolhedora e atenciosa, assim como cada membro da equipe.

O que é um momento memorável e / ou como a Ann’s Place afetou a sua vida?

Um dos meus momentos mais memoráveis foi quando uma pessoa me pediu para entrar no grupo de tricô depois de me ver tricotando na recepção. Eu tenho tido uma afinidade incrível com esse grupo.

O que você gostaria de compartilhar com alguém que nunca esteve na Ann’s Place?

Quando alguém me pergunta sobre a Ann’s Place, eu digo a eles para aproveitarem tudo o que ela oferece – que eles serão recebidos de braços abertos.

 

Escrito por Candy Dayana Dube, Assistente Social Clínica Bilíngue (Licensed Clinical Social Worker – LCSW) na Ann’s Place. Entrevistando Nancy Benzing, voluntária da Ann’s Place.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
March 9, 2020

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *