“Não Deixe que lhe Façam de Bobo”- Uma Noite de Comédia com Marian Pabón

View this post in other languages: English, Español

Comunidade Em Foco

“Não Deixe que lhe Façam de Bobo”- Uma Noite de Comédia com Marian Pabón

By Angela Barbosa

Para aqueles vítimas de golpistas, educar-se sobre o assunto, rir e desfrutar de um jantar e bebidas de cortesia, foi um verdadeiro mimo. No dia 1º de novembro, como parte do esforço contínuo da AARP CT de educar as pessoas sobre como evitar que sejam vítimas de fraude e de roubo de identidade, convidaram Marian Pabón, uma atriz porto-riquenha, comediante e cantora com longa carreira na televisão e no teatro, a explorar o tema de uma maneira divertida que fez as pessoas rirem enquanto aprendiam algumas dicas valiosas sobre o assunto.

O relacionamento de Marian com a AARP começou com a intenção de abordar o assunto de fraude e roubo de identidade de maneira humorística. “Eles disseram que queriam usar o humor como uma ferramenta para alcançar as pessoas e educá-las sobre como evitar o roubo de identidade e a fraude de maneira humorística.”

Pabón arregaçou as mangas e começou a estudar o assunto e a conversar com amigos em Porto Rico. Ela realizou 12 shows, “Não Deixe que lhe Façam de Bobo”, na ilha. “A AARP em Orlando ouviu falar sobre o show e me convidou para ir lá e fazê-lo em espanhol. E a AARP CT falou com Orlando e Porto Rico e me convidou para vir. Esse foi meu primeiro show em inglês.”

Segundo a AARP CT, nos Estados Unidos, uma identidade é roubada a cada dois segundos. São 30 identidades roubadas a cada minuto, 300 a cada 10 minutos, 900 a cada meia hora. “Se essas estatísticas não são alarmantes o suficiente, lembre-se, o único ‘tipo’ de alvo dos golpistas são pessoas das quais eles podem roubar. Em outras palavras, isso pode acontecer com qualquer pessoa”, disse Nora Duncan, diretora da AARP CT.

Marian enfatizou que os golpistas tendem a se concentrar na população idosa para ter sucesso em suas tentativas de cometer fraudes.

“Eu fui vítima de fraude. Alguém ligou e disse que era meu neto, ele fez uma cirurgia na boca, e sua voz não era a mesma. Quando a pessoa ligou e disse: ‘Oi, vovó’, eu disse imediatamente o nome dele”, compartilhou Carole Gellineau, 75, de Danbury.

Depois de dar seu nome, Gellineau explicou que a pessoa respondeu dizendo que não estava bem e que estava com problemas e precisava de sua ajuda. “Ele me disse que estava com problemas com a lei, que foi parado e precisava imediatamente de US$ 2.500, porque estava preso e não tinha feito nada.”

Depois de falar com o marido, que lhe disse: “Não envie um centavo”, e sua filha, que disse: “Ah, mãe, basta procurar on-line o ‘esquema da vovó’”, Gellineau percebeu que quase havia sido enganada.

Para garantir que os 250 participantes não se sentissem como as únicas vítimas, Marian compartilhou que também foi vítima de fraude. “Eu costumava ir a mesma loja da Starbucks, e esse cara legal, que estava lá há menos de um mês, pegou meu cartão de débito, me pediu para digitar minha senha, devolveu meu cartão e saí depois de pegar meu café.”

Marian foi às compras em alguns lugares, onde seu mesmo cartão de débito foi negado. Ela foi até o banco para reclamar e, quando questionada pelo caixa: “Quem é Jose Perez?”, ela respondeu: “Não sei”. Foi só então que ela percebeu que o funcionário da Starbucks havia devolvido o cartão de outra pessoa. Marian perdeu cerca de US$ 5.000 nessa fraude. “O problema é que não verificamos quando as pessoas devolvem nosso cartão”.

Outra iniciativa da AARP em Danbury será seu seminário popular “Navegando na busca de emprego com +50: dicas e ferramentas para procura de emprego na era digital”. O programa será realizado na quarta-feira, 14 de novembro, das 13h30 às 15h30, na Sala do Programa Farioly da Biblioteca. O programa é gratuito. A AARP preencherá um cadastro na chegada de cada participante. A Biblioteca de Danbury está localizada à 170 Main Street, Danbury, CT. Para perguntas, entre em contato com Maryellen DeJong em mdejong@danburylibrary.org ou ligue para 203-797-4505, ramal 7730.

Como um conselho final, Marian lembrou a todos: “Tenham muito cuidado com seus pertences, não carregue seu cartão de seguridade social e proteja muito suas informações pessoais”.

Foto: Myrna Moreno, espectadora, com Nora Duncan, diretora da AARP CT

Foto: As amigas Sherry Winston, Carole Gellineau e Maressa Gershowitz

Foto: Dick e Mary Lou Johnston

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
November 8, 2018

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *