Novo Relatório: 50% das Famílias de Danbury Lutam para Pagar as Necessidades Básicas

View this post in other languages: English, Español

Capa, Cover

Novo Relatório: 50% das Famílias de Danbury Lutam para Pagar as Necessidades Básicas

By Tribuna Staff

De acordo com o Relatório ALICE de 2018 para Connecticut, 40% dos domicílios em nosso estado têm renda que fica abaixo do necessário para pagar as necessidades básicas de moradia, alimentação, assistência infantil, assistência médica, tecnologia e transporte.

O ALICE® (Asset Limited, Income Constrained, Employed) é um acrônimo da United Way para descrever famílias trabalhadoras e esforçadas que ganham abaixo do limite básico do custo de vida, mas acima do Nível Federal de Pobreza. Em Danbury, 50% das famílias são ALICE ou estão na pobreza.

A United Way, em Connecticut, e outros 17 estados está promovendo a iniciativa ALICE para destacar uma grande população de moradores que estão trabalhando, mas têm dificuldade em obter um orçamento para sobrevivência familiar básica. O novo relatório ALICE usa dados de várias fontes, incluindo o Censo dos EUA e o American Community Survey para quantificar o número de famílias na força de trabalho de Connecticut que estão com dificuldades financeiras.

O novo relatório ALICE sobre dificuldades financeiras analisa com mais profundidade os crescentes desafios financeiros que exigem que cada vez mais famílias trabalhadoras e de classe média façam escolhas difíceis todos os dias enquanto administram seu orçamento familiar. Considere estas descobertas no novo relatório ALICE:

Apesar de trabalhar duro, 30% dos lares de Connecticut (404.035) têm ganhos acima da linha de pobreza federal, mas sob um limiar básico de custo de vida. A United Way chama essas famílias de ALICE.

Combinados com aqueles em situação de pobreza, 40% dos lares de Connecticut não podem pagar o básico para habitação, alimentação, cuidados de saúde, cuidados infantis, tecnologia e transporte (538.529 famílias).

Custa cerca de US$ 78.000/ano a uma família de quatro pessoas com um bebê e uma criança pagar as necessidades básicas do Orçamento de Sobrevivência Domiciliar.

O relatório mapeia onde moram as famílias ALICE, demonstrando que elas moram em todas as cidades e municípios de Connecticut. Em cada cidade e município do estado, pelo menos 10% dos domicílios são ALICE.

55% dos empregos em Connecticut pagam US$ 20/hora ou mais, o que é um dos mais altos do país, mas apenas uma das 20 principais ocupações em Connecticut (em termos de número de empregos) paga o suficiente para sustentar o Orçamento de Sobrevivência Domiciliar ALICE.

Em Connecticut, quase metade dos lares não tem uma poupança para cobrir três meses de despesas de subsistência, arriscando um verdadeiro espiral financeiro no caso de uma emergência familiar típica (doença, pane do carro, substituição de aparelhos eletrodomésticos, etc.).

Além disso, o novo relatório ALICE revela as seguintes tendências que afetam os lares ALICE:

  • As diferenças na segurança financeira por idade, raça e etnia persistem, criando desafios para essas famílias.
  • O crescimento na economia e emprego sob demanda está transferindo mais risco financeiro para os trabalhadores e famílias ALICE.
  • As famílias ALICE são mais vulneráveis a uma emergência inesperada, porque está se tornando mais difícil poupar e construir ativos.
  • A mudança na composição dos lares faz parte da história do ALICE.
  • A lacuna riqueza-saúde nos Estados Unidos leva à insegurança na saúde.

E o novo relatório ALICE fornece muito mais insights sobre as causas e consequências das dificuldades financeiras.

O relatório ALICE recomenda estratégias de curto e longo prazo para ajudar essas famílias e fortalecer nossas comunidades. As filiais United Way de Connecticut estão respondendo para ajudar as famílias ALICE através de várias estratégias de curto e longo prazo.

As filiais United Way de Connecticut estão ajudando as famílias trabalhadoras a aumentarem sua segurança financeira, construindo o hábito de economizar. As filiais United Way estão promovendo o SaverLife Connecticut, que combina um programa de incentivo de poupança baseado em metas com treinamento financeiro digital e recursos on-line

As filiais United Way estão trabalhando para ajudar as famílias ALICE a construírem seus ativos e economias apoiando a preparação de impostos nos locais VITA, onde famílias elegíveis podem obter créditos fiscais (EITC, CTC) e começar a economizar, e através de educação financeira e treinamento orçamentário.

As filiais United Way defendem soluções políticas de longo prazo que podem levar a mais segurança financeira para as ALICE.

As filiais United Way se envolvem com empresas, agências governamentais, outras entidades sem fins lucrativos, comunidades religiosas, líderes cívicos e qualquer pessoa que queira trabalhar em soluções individuais e comunitárias que levem a mais segurança financeira para as famílias ALICE.

O relatório ALICE de Connecticut foi financiado pelas 16 filiais United Way de Connecticut. Para mais informações ou para encontrar dados sobre as ALICE nas comunidades locais, acesse http://alice.ctunitedway.org.

Além disso, um simulador on-line também está disponível para experimentar os desafios financeiros que os lares ALICE em Connecticut enfrentam todos os dias www.MakingToughChoices.org

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
September 20, 2018

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *