Resolução de Ano Novo: Investir na Participação Esportiva do seu Filho

View this post in other languages: English, Español

Esportes

Resolução de Ano Novo: Investir na Participação Esportiva do seu Filho

By Estela Camacho

Feliz Ano Novo, leitores, funcionários e equipe editorial do Tribuna!!

É hora de autoavaliação, reflexão e planejamento para este ano, 2019! Este é o momento em que as pessoas reservam um breve momento para internalizar 2018 e descobrem o que parece ser uma necessidade de mudança, adicionar algo de valor ou simplesmente remover algo que não é benéfico a elas. Experiências de vida nos guiam e nos dão uma visão do que queremos ver de forma diferente dentro de nós mesmos. Os resultados do trabalho e dos voluntários nos ajudam a relevar como podemos oferecer melhores serviços e promover um ambiente de trabalho positivo e saudável.

Em organizações que oferecem esportes para jovens, levamos em conta nossa posição na comunidade e como nossos programas beneficiam todos os participantes e aqueles envolvidos em tornar os esportes (recreativos e competitivos) disponíveis, acessíveis e agradáveis. O início de cada ano é o momento de refletir sobre as mudanças que queremos fazer para nós mesmos e com nossas famílias, e quais mudanças gostaríamos de ver acontecer no trabalho e em nosso ambiente de voluntariado. Todos nós sabemos que soa mais fácil do que realmente é, pois imaginar e esperar não é senão um sonho, a menos que você estabeleça um objetivo, faça um plano e inicie o processo de um amanhã melhor. Planeje um amanhã melhor para você, sua família, aqueles que dependem de sua liderança e da comunidade como um todo.

Organizações que oferecem esportes para jovens se esforçam constantemente para melhorar seus programas. Nunca deixo de me surpreender quanto tempo e esforço estão envolvidos nas reuniões do conselho, de comissões e esforços de planejamento. Elas trazem mudanças para se adequarem a um nível competitivo enquanto atendem às necessidades dos participantes em um nível instrucional. Indivíduos vêm com propostas, planos e metas, e os resultados são avaliados. Organizações como a Danbury Athletic Youth Organization, Danbury Youth Wrestling Association, Danbury Police Athletic League, YMCA, Danbury Youth Soccer Club, Danbury Youth Baseball, e muitos outros continuam a lutar por programas de qualidade e trabalham para incluir todas as origens étnicas e status socioeconômicos em nossa comunidade. Para obter uma lista de programas recreativos de Danbury, acesse o site Danbury Parks and Recreation, visite o Centro de Recursos da Família à Morris Street School ou faça o login nas Atividades Juvenis da Área de Danbury no Facebook; eles são um excelente recurso para informações sobre inscrições em esportes e atividades.

Pais, este ano, façam uma resolução de Ano Novo para seu filho experimentar um esporte ou atividade física diferente. Como todos sabemos, comer saudável é uma maneira de ficar em forma e o outro é o exercício. Annrose Lattin, mãe de dois filhos ativos, Jeremy, que jogou hóquei, e Karissa, que jogou futebol e está no time do colégio, expressa que há pontos positivos em envolver seus filhos nos esportes: amizades, aprender as habilidades de um esporte, manter as crianças saudáveis e ativas em vez de ficarem jogando videogames.

Loren Daly é mãe de dois filhos, Harold e Robert, que gostam de jogar beisebol. Robert mencionou a sua mãe: “Você sabe por que eu gosto de beisebol? Porque todas as crianças torcem quando você joga bem ou mesmo quando joga mal, elas são amigas e nos ajudam”. O quão incrível é para uma criança experimentar o espírito esportivo ainda jovem! Embora alguns pais considerem colocar seus filhos em atividades e esportes organizados como um custo desnecessário, outros consideram um investimento na saúde física e mental de seus filhos.

Ana Marin, mãe de Lucia e Sofia Henao-Marin, compartilha que com todos os altos e baixos que o esporte pode trazer, ainda é uma experiência maravilhosa. As crianças ganham oportunidades que as ajudarão a se desenvolver, valorizar a vida e aprender responsabilidade, dedicação, amizade, trabalho em equipe e humildade. Ana não paga pela prática, mas pelas oportunidades oferecidas aos seus filhos. É um enorme investimento para as meninas dela. “Como mãe com filhos em vários esportes, há momentos em que práticas, taxas de inscrição e compromissos esportivos desempenham um papel caótico em minha vida; no entanto, sou muito grata pelas oportunidades que meus filhos tiveram e as amizades duradouras que construíram por meio de sua participação no esporte”.

Para informações adicionais, ligue para Estela Camacho no telefone 203-530-2457 ou envie um e-mail para EstelaGC005@gmail.com. Você também pode aprender mais sobre a organização em www.dayosports.com, no Facebook (Danbury Athletic Youth Organization) ou no Twitter (@DAYOinfosports) ou ler sobre nós no Jornal Tribuna.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
January 9, 2019

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *