Biblioteca de Danbury Realiza uma Cerimônia Especial de Naturalização. Dezenove Novos Cidadãos Fizeram o Juramento de Fidelidade na Biblioteca de Danbury

View this post in other languages: English, Español

Noticia

Biblioteca de Danbury Realiza uma Cerimônia Especial de Naturalização. Dezenove Novos Cidadãos Fizeram o Juramento de Fidelidade na Biblioteca de Danbury

By Angela Barbosa

O dia 11 de abril marcou o renascimento de 19 cidadãos de Danbury e arredores que fizeram o Juramento de Fidelidade e se tornaram cidadãos americanos em uma cerimônia na Biblioteca Pública de Danbury, liderada por Ethan Enzer, chefe da seção do escritório local de Hartford de Serviços de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS).

“Que melhor maneira do que receber os novos cidadãos em uma biblioteca pública, uma instituição que fortalece os imigrantes há mais de um século”, disse Rodrigo Fuenzalida, especialista em comunicação da Biblioteca de Danbury, em seu discurso de boas-vindas.

No último ano, a Biblioteca de Danbury tem participado da Peer Library Citizenship Coalition, uma iniciativa que começou com o apoio da bolsa federal de Educação e Integração da Cidadania do USCIS para a Biblioteca de Hartford. O objetivo da concessão é desenvolver recursos para imigrantes e novos cidadãos na biblioteca e reforçar a importância das bibliotecas nas comunidades de Connecticut.

A cerimônia de Danbury foi uma das seis cerimônias de naturalização realizadas em bibliotecas públicas em Connecticut durante a Semana Nacional da Biblioteca, de 8 a 14 de abril.

Entre os palestrantes do evento estavam o prefeito Mark Boughton, a editora do Jornal Tribuna e integrante do Conselho de Educação Emanuela Palmares, e o policial de Danbury Hector Rodriguez, nativo da Colômbia que se tornou cidadão depois de servir no Exército dos EUA após os ataques terroristas de 11 de setembro.

Palmares inspirou os novos cidadãos, explicando as muitas maneiras de se tornarem membros ativos de suas comunidades. “Hoje, no dia da sua cidadania, no dia em que vocês podem renascer para uma nova fase do sonho americano, peço que considere também a questão 55, mas em vez de escolher apenas duas das opções, realizem todos elas. E para aqueles que não fizeram o teste de cidadania e tiveram a sorte de nascer nesta terra abençoada, a questão número 55 é… Quais são as duas maneiras pelas quais os americanos podem participar de sua democracia?”

O honorável juiz distrital, Warren Eginton, administrou a cerimônia de posse, liderando os 19 novos cidadãos americanos através do juramento de fidelidade. Ele também os convidou a considerarem servir em júris. “Sirvam em nossos júris porque precisamos de vocês. Nossos casos são emocionais nos tribunais federal e estadual”.

O prefeito Boughton expressou seu orgulho em compartilhar um momento tão especial com os novos cidadãos, suas famílias e amigos. “… Apesar de sermos todos de lugares diferentes, e pessoas diferentes com costumes, religiões e tradições diferentes, na realidade, somos uma comunidade. E nos importamos uns com os outros, e temos compaixão uns pelos outros. Isso é o que faz da cidade um lugar tão especial”, disse ele, acrescentando: “O que nos faz realmente super especiais hoje é que todos vocês provavelmente fizeram uma das coisas mais importantes que poderiam fazer como americanos. Vocês se tornaram cidadãos dos Estados Unidos. Isso é uma grande realização!”

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
April 18, 2018

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *