Taxa de Desemprego de CT Subiu 4,9% em Abril

Veja esta matéria em English, Español

Noticia

Taxa de Desemprego de CT Subiu 4,9% em Abril

By Keith M. Phaneuf | CTMirror.com

A taxa de desemprego de Connecticut aumentou de 4,8 para 4,9% em abril, já que o estado perdeu 1.500 empregos não agrícolas, informou o Departamento do Trabalho no dia 18 de maio.

A taxa de desemprego, no entanto, é 0,5 pontos percentuais menor que o ano anterior e o estado adicionou 5.500 postos de trabalho nos últimos 12 meses.

Houve uma diminuição de 1.000 postos de trabalho no setor privado mês passado, mas isso ainda representa 9.900 posições a mais que em 2016.

Connecticut agora recuperou 89.000 dos 119.100 empregos perdidos na última recessão ou pouco menos de 75%. O setor privado recuperou 92,7% ou 103.500 de 111.700 postos de trabalho perdidos.

“Embora as estimativas de emprego não agrícolas de abril tenham caído em 1.500, ainda estamos bem à frente do ritmo do ano passado”, disse Andy Condon, diretor do Escritório de Pesquisa do Departamento do Trabalho. “Pelo quarto mês consecutivo, observamos pequenos aumentos na taxa de desemprego acompanhados de aumentos maiores na força de trabalho…”

A força de trabalho inclui aqueles que estão empregados e aqueles que procuram ativamente um trabalho.

Don Klepper-Smith, economista do DataCore Partners e assessor econômico da governadora M. Jodi Rell, disse que o novo relatório trabalhista, aliado aos recentes rebaixamentos das agências de notação de crédito de Connecticut, não são bons para o futuro.

Dado o desenvolvimento atual, não estou tão otimista quanto aos problemas de orçamento local e de Connecticut e como eles serão resolvidos no futuro”, disse Klepper-Smith, advertindo que a redução da classificação vêm com um provável custo. “Isso significa custos mais elevados com empréstimos, que inevitavelmente serão transferidos para os contribuintes, o que significa impostos mais altos, menor crescimento de empregos e mais emigração”.

Apenas três dos 10 super setores da indústria de Connecticut criaram empregos em abril, liderados pela construção e mineração, que somaram 2.800 cargos. Os ganhos também foram registrados na área de lazer e hospitalidade e em outros serviços.

O super setor de atividades financeiras permaneceu inalterado enquanto outros seis perderam postos de trabalho.

A maior perda, 3.000 empregos, foi registrada nos serviços profissionais e de negócios, enquanto as quedas também ocorreram no: comércio, transporte e serviços públicos, educação e serviços de saúde, fabricação, governo, e informações.

Regionalmente, o mercado de trabalho da área de New Haven viu o maior ganho em abril, somando 900 empregos, e os mercados de Danbury, Bridgeport, Stamford e Norwalk também terminaram o mês com crescimento de empregos.

Os mercados de Hartford, West Hartford e East Hartford registraram a maior perda de emprego, baixando 1.000 postos, enquanto os mercados de Norwich, New London,Westerly e Waterbury também perderam posições em abril.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
May 24, 2017

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *