Prevenção de Lesões no Futebol

View this post in other languages: English, Español

O Que Você Deve Saber

Prevenção de Lesões no Futebol

By Dr. Lee Day PT, DPT, MS, ATC, CSCS, ITPT

O futebol é de longe o esporte número um do mundo; mais de 226 países o praticam e mais de 240 milhões de homens, mulheres, meninos e meninas de todas as idades são jogadores. Um jogador de futebol típico correrá uma média de 11 a 14 km por jogo, dependendo de sua posição. O futebol implica muito de parar e sair, saltar e correr, e muito contato corporal. Não há muitas substituições ou intervalos, o que significa que há muitas chances de sofrer lesões.

Muitas lesões ocorrem no futebol, a maioria delas abaixo da cintura. As lesões comuns são entorses e distensões de tornozelo e pé, lesões nos ligamentos do joelho, quadril, virilha e hérnias esportivas, tensões musculares gerais, entorses e rupturas, e fraturas, para citar apenas algumas. Recentemente, as concussões surgiram como um grande problema no futebol, e os protocolos para essas lesões estão sendo desenvolvidos e examinados.

A maioria das lesões no futebol que já vi poderia ter sido evitada ou minimizada através de um condicionamento, nutrição, hidratação, equipamento e treinamento adequados. A maioria das equipes de elite nos níveis profissional, universitário e de ensino médio conta com um arsenal de profissionais treinados para avaliar e preparar os atletas para participar dos jogos com segurança. No entanto, o futebol juvenil, não tem tanta sorte, e as equipes dependem do conhecimento dos treinadores para manter os jogadores seguros.

A recuperação de lesões leva tempo, o que varia dependendo da magnitude do incidente. Após a avaliação apropriada e tratamento feitos por um médico especialista em medicina esportiva, o atleta precisa ser monitorado e reabilitado por um fisioterapeuta qualificado em medicina esportiva ou um educador físico certificado que possa ajudar o atleta a progredir através da recuperação e guiá-lo até sua participação plena.

Lesões inevitavelmente acontecem, mas o que treinadores e atletas podem fazer de maneira viável para preveni-las sempre que possível?

* Treinamento de força e condicionamento – pesquisas mostram que ser consistente com o treinamento esportivo específico pode comprovadamente prevenir lesões e melhorar o desempenho.
* Exames físicos de pré-temporada apropriados – estes podem alertar treinadores, jogadores e pais sobre quaisquer possíveis problemas.
* Equipamento bem ajustado – equipamento adequado que se serve é essencial para a prevenção de lesões em todos os esportes.
* Condições de campo adequadas – sem pedras, sulcos, buracos, poças ou quaisquer outros riscos potenciais dessa natureza.
* Bolas adequadamente cheias e dimensionadas.
* Aquecimento e alongamento estático e balístico – pesquisas sustentam o aquecimento adequado antes de qualquer esforço físico, especialmente em qualquer tipo de competição.
* Fixação segura de traves portáteis – traves não seguras podem derrubar e machucar jogadores.
* Hidratação – tanto a FIFA como a MLS adotam intervalos obrigatórios para beber água. A hidratação antes, durante e depois da competição pode e evitará o esgotamento por calor, cãibras ou insolação.
* Monitoramento do tempo – chuva intensa, umidade, calor ou frio podem afetar o nível de jogo e o desempenho do atleta.
*Prática excessiva – o futebol, como outros esportes, não é mais apenas sazonal. O descanso é essencial; praticar outro esporte por uma temporada ou apenas tirar uma temporada para descansar o corpo não é uma coisa ruim – todos os profissionais fazem isso.
* Por fim, resfriamento e gelo – pesquisas mostram que os procedimentos adequados de resfriamento e o uso de gelo nas partes doloridas do corpo podem evitar mais lesões.
Se seguidas corretamente, estas etapas podem e evitarão lesões. Para qualquer dúvida sobre qualquer um dos itens acima, consulte um médico especialista em medicina esportiva, fisioterapeuta ou educador físico.

Dr. Lee Day é dono do Hat City Physical Therapy. Ele é um educador físico certificado, especialista em força e condicionamento, certificado em ITPT, especialista em concussão ITAT através do IMPACT, CPR e instrutor de primeiros socorros, possue bacharelado e doutorado em fisioterapia e mestrado em Fisiologia do Exercício. O Dr. Lee tem mais de 35 anos de experiência em Medicina Ortopédica e Esportiva com muitos profissionais, universitários, colegiais e atletas de ligas menores.


Para quaisquer dúvidas ou necessidades de assistência, por favor, entre em contato com o Dr. Lee pelo telefone 203-748-4288, Hat City Physical Therapy.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
September 20, 2018

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *