Estado Lança Campanha ‘Change the Script’ para Combater a Crise de Abuso de Opioides

View this post in other languages: English, Español

Saúde

Estado Lança Campanha ‘Change the Script’ para Combater a Crise de Abuso de Opioides

By Tribuna Staff

O governador Dannel P. Malloy juntou-se aos comissários dos departamentos estaduais de Saúde Mental e Serviços de Dependência (DMHAS), Proteção ao Consumidor (DCP) e Saúde Pública (DPH) para lançar oficialmente a campanha de conscientização pública ‘Change the Script’ em todo o estado, para fornecer as comunidades, prestadores de cuidados de saúde, farmacêuticos e indivíduos informações sobre drogas prescritas e abuso de opioides e a crise de sobredosagem que está atormentando estados em todo o país.

Esta campanha de marketing e educação que envolve várias agências surgiu com a Iniciativa de Resposta aos Opioides (CORE) do governador de Connecticut, uma estratégia de três anos para prevenir vícios e sobredosagens.

“O vício em opioides e o uso indevido de drogas prescritas é uma doença que afeta quase todas as comunidades e pessoas de todas as origens”, afirmou o governador Malloy. “É uma crise complexa que não tem uma causa raiz, nem possui soluções simples, mas precisamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para tratá-la e evitá-la. Nosso trabalho nesta frente não estará concluído até que nossas comunidades e nossas famílias não estejam mais lutando com os graves custos dessa doença”.

Os materiais da campanha “Change the Script” estão sendo distribuídos pelo estado aos departamentos de saúde locais, conselhos de prevenção locais, prestadores de cuidados de saúde, farmacêuticos e outros parceiros e partes interessadas da comunidade, com informações sobre três tópicos principais: prevenção, tratamento e recuperação. Esses materiais visam aumentar a cons- cientização sobre o risco de dependência de opioides prescritos; destaca os métodos comprovados de tratamento para o transtorno do uso de opioides (isto é, dependência); e destaca recursos na comunidade para ajudar as pessoas a estabelecerem e sustentarem a recuperação vitalícia.

“Change the Script” foi esco- lhido como tema da campanha para falar sobre a necessidade de mudar a percepção pública e pensar sobre o transtorno do uso de opioides e reconhecê-lo como uma doença crônica. A campanha busca abordar o estigma e a vergonha associados ao transtorno, que muitas vezes impede uma pessoa ou seus entes queridos de buscar ajuda. “Change the Script” também se concentra na prescrição excessiva de opioides que ocorre não apenas em Connecticut, mas em todo o país, e a necessidade de armazenamento e descarte adequados dessas drogas pelos consumidores.

“A crise dos opioides tocou a vida de quase todas as pessoas em nosso estado”, disse a Comissária do DMHAS, Miriam Delphin-Rittmon. “É importante que nossos moradores conheçam a extensão do uso indevido de drogas prescritas e desordens no uso de opioides. Esta campanha aumentará a conscientização dos residentes sobre o uso indevido de opioides e ajudará as comunidades a se mobilizarem para mudarem o roteiro”.

“Esperamos que a exibição desses materiais amplamente disponíveis em todo o estado incentive um diálogo maior entre pacientes e prescritores quando abordarem o tratamento da dor, além do que fazer se o uso indevido ocorrer e a pessoa precisa de assistência”, disse o Dr. Raul Pino, comissário do DPH.

“A crise dos opioides afetou muitas famílias em nosso estado, e sabemos que não há uma solução única”, disse a comissária do DCP, Michelle H. Seagull. “Esperamos que as informações edu-         cacionais fornecidas através da “Change the Script” possam ajudar famílias e os prescritores a tomarem medidas para um futuro mais saudável enquanto combatemos esta crise juntos”.

Além dos materiais educacionais que estão sendo distribuídos pelo estado, as mensagens da “Change the Script” serão vistas em breve em outdoors e ônibus em todo o estado. A campanha incluirá anúncios de televisão, rádio, impressão e anúncios on-line, bem como pôsteres, folhetos e outros materiais impressos.

O financiamento para a campanha foi fornecido através de doações do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA que foram buscados em colaboração pelos DPH, DMHAS e DCP.

 

Para mais informações sobre a campanha, visite www.drugfreect.org.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
March 21, 2018

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *