A História de Magaly Landivar

View This Post In English, Espanol

Série Sonho Americano

A História de Magaly Landivar

By Maria Danniella Gutiérrez- Salem

A aventura da paternidade nos leva a tomar decisões em nome dos nossos filhos, às vezes dolorosas, mas no final bem sucedidas. Nossa entrevistada nasceu no Equador e viveu na cidade de Cuenca, capital da província de Azuay. É uma bela cidade que em 1999 foi nomeada pela UNESCO como Patrimônio Mundial. No entanto, como a maioria dos países latino-americanos, este país não está a salvo da violência e dificuldades econômicas. É por isso que a mãe de Magaly, quando descobriu que seus pais tinham conseguido os vistos para morar nos Estados Unidos, veio com eles, deixando seu marido e filhos no Equador.

Esta desintegração familiar foi muito difícil? “Sim, foi, mas todos nós entendemos que era um sacrifício necessário para nossa família. Meus irmãos e eu estávamos no Equador sob os cuidados da minha avó paterna e uma tia. Apenas seis meses se passaram quando, em 2006, a família reuniu-se novamente aqui em Danbury. Estamos muito perto e sempre tivemos o apoio dos nossos avós. No Equador, minha mãe era dona de casa, mas aqui nos Estados Unidos, para ter uma educação melhor, ela decidiu trabalhar em uma fábrica e apoiar meu pai na empresa de jardinagem que ele tem”.

Você admira muito seus pais? Observei seus olhos brilharem enquanto ela falava deles: “A verdade é que eu admiro o fato de eles sacrificarem muito para nos dar o melhor. Também devo dizer que minha mãe é simples, amável, doce e disposta a encontrar o bem em todos. Meu pai é um homem amigável e prestativo. Cresci vendo meus pais ajudarem as pessoas ao nosso redor. Eles não conhecem a frase ‘eu não posso’. Também tenho uma tia que considero um ser humano extraordinário. Ela é mãe solteira que prosperou não só com seu filho, mas também teve um papel primordial na nossa educação. Ela é uma mulher muito consistente, pensativa e analítica. Para mim, ela é minha segunda mãe”.

O que você está fazendo agora? “Estou estudando Gestão de Negócios na Western Connecticut State University e trabalho para pagar meus estudos. Quero poder prover para minha família, ajudar meus pais porque eles trabalharam duro para que pudéssemos ter tudo. Meu maior sonho é contribuir para o bem-estar da minha família, tanto aqui nos Estados Unidos como no Equador. Acho que não podemos ser felizes quando aqueles que nos rodeiam não estão. Às vezes, um pequeno sacrifício pode resultar no bem-estar de uma família inteira. Todos os dias, acho que minha mãe tomou a decisão certa em nos trazer para a terra das oportunidades”.

Como você aproveita seu tempo livre? “No verão, temos muitas reuniões de família onde aproveitamos a comida. Eu amo ceviche. Minha mãe é especialista em cozinhar mariscos e peixes. Acho que é porque no Equador estes são alimentos muito populares. Há excelentes restaurantes em Danbury que oferecerem nossa comida típica. Acho que é importante preservar nossa riqueza cultural em todos os aspectos, mas claramente não podemos esquecer que estamos nos Estados Unidos, portanto, é bom adotar sua cultura também. É melhor porque ao invés de uma celebração, temos duas”.

Qual seria sua mensagem final? “Com dedicação e esforço, podemos ser o que queremos neste país. Eu sei que ao estudar estou guiando meu destino para o sucesso. Às vezes é difícil, mas não devemos olhar para trás, mas para frente, com a cabeça erguida e corações cheios de otimismo”.

Daniella Maria Gutiérrez-Salem praticou advocacia na Venezuela antes de seguir seu próprio sonho americano e tornar-se escritora nos Estados Unidos. mdgutier@gmail.com.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
August 31, 2016

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *