Danbury Celebra o Dia de Conscientização do Autismo

View this post in other languages: English, Español

Noticia, Uncategorized

Danbury Celebra o Dia de Conscientização do Autismo

By Tribuna Staff

Pelo segundo ano consecutivo, a cidade de Danbury se juntou ao movimento de conscientização sobre o autismo e, em 2 de abril de 2018, às 19h, a prefeitura de Danbury foi iluminada de azul em homenagem ao Mês Mundial do Autismo.

A cerimônia foi organizada por Emanuela Palmares e patrocinada por David Parks, proprietário da Spin Doctor Entertainment, que gentilmente doou seus serviços e equipamentos, com o apoio da Prefeitura de Danbury e da Comissão para Pessoas com Deficiências.

“O autismo afeta 1 em 68 crianças e 1 em 42 meninos; meu filho de 5 anos, Caio, é um deles. Começamos nossa jornada pela estrada do autismo com intervenção precoce. Ele foi diagnosticado aos 2 anos e tem recebido serviços de intervenção desde então e progrediu de forma incrível em algumas áreas”, disse Emanuela acrescentando: “É por isso que a conscientização do TEA [Transtorno do Espectro Autista] é tão importante, encorajar a detecção e intervenção precoce, aceitar e a compreender pode, a longo prazo, melhorar a qualidade de vida de todos os indivíduos no espectro, não importa a idade”.

O evento contou com discursos inspiradores, a cerimônia de luzes e apresentações musicais do Grupo Folclórico Brasileiro GAFFA, a próprio Dawn Tallman de Danbury, que recentemente alcançou o primeiro lugar no Billboard Dance Charts, Gabby D’Ostilio, estudante e membro da Danbury High School Madrigals, e Simon Vu, ex-aluna da DHS e estudante da Columbia College – em Chicago.

A cerimônia também honrou uma empresa que fez a diferença na comunidade de TEA em Danbury. O homenageado deste ano foi o Danbury AMC Theaters por fornecer o programa “Sensory Friendly Films” (Filmes Sensoriais) para a comunidade.

Iluminar a prefeitura de azul para a Cerimônia de Consciência do Autismo é um evento sensorial com um nível de som mais baixo, fazendo com que os participantes do espectro sintam-se à vontade para conversar e andar. Foi solicitado ao público para não bater palmas, e havia uma área tranquila e fones de ouvido para abafar o ruído foram disponibilizados.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn
April 4, 2018

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *